quinta-feira, 24 de setembro de 2009

Naquele Prato de Cuca!

Atenção,essa é uma obra de ficção,toda e qualquer semelhança com a vida
real é apenas mera coincidencia...ou não!


-Essa é a sua avó Laura?! Muito Prazer em conhecer a senhora, a Laura me falou muito a seu respeito. -Disse Luis Cláudio,estendendo a mão para aquela senhora de face enrugada.Que gafe acabará de cometer o magricelo e debochado Luis Cláudio.Na primeira vez que fora a casa da namorada,confundira dona Jandira,a mãe de Laura,com Dona Natalina,avó da mesma. Desconforto geral. É como já dizia aquele rapaz, operador de foto-copiadora: "A primeira impressão é a que fica”. E no caso de Luis Cláudio a primeira impressão,não foi boa.Pelo contrário ,ele já conquistara a antipatia da sogra logo na entrada da casa da namorado,ou melhor,logo na porta.O caso que tivera com Laura,não passou de duas visitas. Das quais ele era sempre observado pela dona Jandira, que o olhava com raiva e com os olhos em brasa. Laura e Luis Cláudio acabaram,porquê segundo ela,faltava a ele "um pouco de classe".

Luis Cláudio era o típico sujeito que falava alto,não tinha vergonha de nada...nem mesmo de dispersar seus gases em público.Era um sujeito "tosco".Sim,Luis Cláudio era um sujeito rústico.Isso em partes balançava o coração das mocinhas recatadas de família.

Foi com esse jeito rústico e desleixado que ele chamou a atenção da pequena e frágil Clara.Moça recatada,de família,estudava na melhor universidade do estado,residia em bairro nobre.Era linda de morrer,ruiva,sardentas e de olhos azul-esverdeado.Se fosse em 1950,ela seria classificada com uma verdadeira "tetéia".

Se conheceram num parque da cidade e o jeitão de Luis Cláudio,chamou a atenção da pequena universitária.Firmaram compromisso,a quem dissesse que Clara estava namorando Luis Cláudio, apenas para punir a família.Já estavam se encontrando a 3 meses,e eis que Clara olha para Luis Cláudio e diz:
-Benhê,acho que já está na hora de você conhecer a minha família.-Disse a Bela Moça.Luis Cláudio,estufou o peito,coçou o cavanhaque e disse:
-Sem problemas,no domingo a tarde eu vou lá.

Dito e feito.Domingo,as 3 da tarde em ponto,Luis Cláudio bateu no portão da amada.
Era uma casa bela e gigante,daquelas em que você facilmente se perde pelos corredores.Luis Cláudio entrou.Cumprimentou a amada,e de mãos dadas se dirigiram aos fundos da casa,onde a família encontrava-se conversando em uma roda de chimarrão. Cumprimentou a todos, bateu papo e comemorou. Luis Cláudio não tinha cometido nenhuma gafe!Nenhuma mesmo.

O sorriso no seu resto era de dever cumprido.A cuia ia passando,e junto com ela,um prato com uma deliciosa cuca de doce de leite (Para quem não sabe,cuca é uma espécie de pão,muito famoso no sul do Brasil.Se você pensou que Cuca era apenas a vilã do Sitio do Pica pau amarelo ou um técnico de futebol...se enganou).Lá pelas tantas,Luis Cláudio sente um desconforto no estômago. A cuca misturada ao mate, tinha lhe caído como uma bomba.

Luis Cláudio Suava Frio.
O pavor lhe tomava.Relutante,ele olha para Clara e cochichando diz: -Aonde fica o banheiro? Ela explica: - Dobra a esquerda, depois à direita, ultima porta a esquerda no fim do corredor. Luis Cláudio Entro na casa,e se apavorou.A casa parecia um labirinto.
O tempo estava se esgotando,Luis Cláudio não sabia por quanto tempo ia agüentar.

Quando o pior estava por vir,ele finalmente encontra o banheiro. "Foi no Apagar das Luzes", pensou ele com um sorriso de alívio, sentado no vaso, como um rei senta no trono. Ele fizera o "parto da jibóia".Filho único,mas bem robusto.Levantou do vaso e relembrou a infância.Deu tchau para o seu filho único e apertou o botão da descarga.Para Sua Surpresa e Pavor,a Descarga não estava funcionando.E Agora?

O desespero estava batendo. Luis Cláudio olho pela janela do banheiro.Era um arvoredo. Ele pensou "deve ser um descampado, vou desovar o defunto aqui”. Pegou um pouco de papel higiênico,enrolou a prova do crime e o arremessou para fora do cômodo.
Lavou as mãos e saiu do banheiro,com cara de dever cumprido.Regressou aos fundos da casa.

Estavam todos em silêncio.Todos olhavam para Luis Cláudio com os olhos arregalados.O sogro com cara de poucos amigos,estava com o prato de cuca na mão,e para surpresa de Luis Cláudio, seu "filho único" repousava sobre as fatias de cuca. O sogro então olhou para ele e disse:
-Acho que isso é seu, meu jovem.
Luis Cláudio foi embora.Continuou a ver Clara.Ficaram juntos mais uns 2 meses e chegaram ao fim da relação.Hoje em dia Luis Cláudio é casado com uma chilena.Nunca conheceu a família dele,para sua sorte.Luis Cláudio não leva jeito com sogras,cucas...e afins


15 comentários:

  1. kkkkkkkkkkkkkkkkkkk gostei caraaa, a familia tava comendo na cuca e quase comeram coco tbm huauahua

    ResponderExcluir
  2. Meew, mto tree
    rii atéé fikáá seim ar
    ahuUHAHUauhAUHAuhhuaHUa

    ResponderExcluir
  3. cara
    vc parece o juca chaves

    kkkkkkkkkk

    ResponderExcluir
  4. Querido amigo avassalador...
    Voce deveria escrever para promoção DOIDAS&SANTAS sob o ponto de vista do Luiz Claudio e concorrer ao livro da Martha Medeiros - DOIDAS&SANTAS! ainda dá tempo! aproveita!!! voce tem chances

    ResponderExcluir
  5. Muito bom, gostei mesmo, história muito bem sacada. "parto da Jibóia" kkkkkkkkkkkkkkk

    http://daniel.a.s.zip.net

    ResponderExcluir
  6. Caro colega,,ta doido,,um namorado desses heim...sai fora!!! Vai fazrr número 2 em casa...
    hahahaha
    bjo.

    ResponderExcluir
  7. Se bem que cuca, pra virar o que ele fez no banheiro, é só mudar as vogais AIHAIOUHAIOHAOIUHA muito bom!

    ResponderExcluir
  8. Caro colega, ta loko um namo desses...vai kga em ksa...ecccaaaa...hahahahaha!!!!

    ResponderExcluir
  9. Eita UAhuAhuA! Eca ...

    Vc escreve bem pra caramba, parabéns!

    http://kultura-digital.blogspot.com/

    http://kultura-inutil.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  10. askaopskaskapskpakspaksoapsk, cuca com chocolate hmmm

    ResponderExcluir
  11. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  12. muito engraçado, bom d+...

    http://cemiteriodaspalavrasperdidas.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  13. Cara, vim retribuir o seu comentário e me acabei de rir. Você não é só bem-humorado como escreve bem pra cacete!

    Uahahahhahaaaa!!!

    Apareça mais vezes no "Diz". Eu voltarei aqui.

    Abração!

    Marcelo
    www.marcelo-antunes.blogspot.com

    ResponderExcluir

Arquivo